domingo, 23 de dezembro de 2007

ANO NOVO VIDA NOVA?

(Carlos Ramalho)
.
Dezembro chega e com ele a sensação de mais um ano que se vai. Em meio a agitação e o corre corre festivo que envolve a época, muitas pessoas voltam-se para si com intuito de fazer uma auto análise de sua vida transcorrida nestes quase completos doze meses. Seria algo como fazer um raio x de si mesmo e identificar possíveis rupturas de forma a trata-las para que situações indesejadas sejam definitivamente banidas, ou seja, não continuem a incomodar, afinal ANO NOVO VIDA NOVA.

Planos não faltam, sonhos então saltam pelos olhos. Promessas de mudança de vida, de maior dedicação à família, a igreja, maior tempo para Deus, enfim uma série de coisas que não caberiam aqui se fossem listadas.

Nos dias que antecedem o natal a correria é maior ainda, era necessário que o dia tivesse pelo menos umas 30 horas em função de tantos compromissos. Visitas, compras de presentes, festas de amigo oculto, enfim uma série de eventos que consomem boa parte do seu tempo.

Chega o Natal. Na noite do dia 25/12 tudo é festa e alegria. Família reunida, presentes, e a certeza, ou melhor, quase certeza de que o ano vindouro vai ser diferente.

Passados alguns dias o reveillon bate as portas. O coração bate forte, pois faltam poucas horas para o próximo ano. Ano este que você tanto almeja que seja diferente. Em meio a um clima festivo de sorrisos e abraços você exibe sua melhor roupa, seu melhor sapato, ou seja, você fica na "beca" para a ocasião, afinal você não pode pagar nenhum mico uma vez que é a passagem de ano e você precisa começar com o pé direito.

E assim transcorre à noite e lá pelas madrugadas você se dá conta de que já está em pleno ano novo. Que choque hein? Afinal você tanto almejou que o ano novo seria diferente. E ai? Realmente mudou alguma coisa ou tudo continua como o ano que se passou?

Dentro deste contexto podemos identificar três grupos distintos de pessoas.

O primeiro deles é daquelas pessoas que há muito tempo buscam uma resposta para o vazio do seu coração, uma resposta que satisfaça a necessidade de sua alma que clama, algo que preencha o seu interior. Entra ano e sai ano e insistem viver de "promessas" do tipo: este ano eu vou mudar; de hoje em diante tudo vai ser diferente; Deus vai me ajudar; Enganam a si mesmo, uma vez que, agem na própria força totalmente contrario ao que a bíblia nos adverte. Sem Deus nada podemos fazer (Jo 15:5). A bíblia ainda nos adverte que a nossa força é vã. São pessoas que exteriormente parecem formosas a vista, mas interiormente estão ocas, fedendo, tal como um sepulcro caiado (Mt. 23:27).

O segundo grupo pode ser identificado como aquelas pessoas que pertenciam ao primeiro grupo. Cansadas de uma situação de descontentamento, tristeza e falta de motivação, optaram por uma mudança radical. Encontraram a resposta: JESUS. Ele mesmo disse: Eu sou o caminho a verdade e a vida (Jo 14:6), ou seja, elas saíram do abismo e passaram a caminhar em estrada firme. O que outrora eram promessas e desejos de mudança de vida tornou-se uma realidade na vida destas pessoas. Não foi preciso esperar pela chegada de um novo ano. Bastou olhar para dentro de si e reconhecer em Cristo a única saída e solução. Quem encontra JESUS independente da situação nunca mais é o mesmo. Prova disto pode ser observado na vida da mulher que tinha o fluxo de sangue, do endemoniado Gadareno, do paralítico de Betesda, do cego Bartimeu, entre tantos outros.

O terceiro grupo é aquele formado por pessoas do segundo grupo, entretanto com uma triste diferença. Embora conscientes do que representa Jesus na vida delas, oscilam por viver ora na benção ora fora dela, ou seja, devido a tantas tribulações e paixões por coisas do mundo acabam por viver uma vida cristã mais ou menos sem o devido compromisso ao qual Jesus nos chama. E assim ao invés de motivar e levar outras pessoas a experimentar Jesus é preciso correr em busca de motivação ou de um "mover" para realmente tentar permanecer na fé, caso contrário...

Certamente você que está lendo este artigo já identificou em qual destes grupos você se encontra inserido. Minha oração é para que o Espírito Santo de Deus possa estar produzindo uma nova maneira de pensar e agir em seu viver. Que a sua motivação maior seja Jesus em todo tempo, de forma a conhece-lo e faze-lo conhecido.

Um feliz natal e um ano novo cheio de Deus.

Carlos Ramalho
In: 22/12/2003

3 comentários:

Mayra Ferreira disse...

Muito lindo, obrigada!

Josue Leite disse...

Caro irmão, Obrigado pela mensagem enviada. Deus o abençoe ricamente nesse novo ano.

Claudia Karam disse...

SEMPRE CHARLES.VOCÊ É ESPECIAL.SEMPRE ACREDITEI E APOSTEI EM VOCÊ. UM ANO NOVO MARAVILHOSO