sábado, 31 de maio de 2008

PRIMEIRO DE MAIO

(Carlos Ramalho)
.
Primeiro de maio de 1886. Quinhentos mil trabalhadores e trabalhadoras saem às ruas de Chicago, nos Estados Unidos, em manifestação pública pacífica, para reivindicar a diminuição da jornada diária de trabalho. A polícia reprimiu violentamente, dispersando a concentração, matando e ferindo dezenas de operários.
.
Naquela epóca, os operários americanos eram obrigados a trabalhar 12, 14 e até 18 horas por dia, o que gerava cansaços e desgastes, além de frequentes acidentes que multilavam e levavam a morte ou invalidez permanente.
.
Embora reprimidos, no dia cinco de maio os trabalhadores, voltaram a se reunir em nova passeata para reivindicar melhores condições de trabalho. Conta à estória que diversos líderes do movimento foram presos, julgados e condenados à morte ou a prisão perpetua.
.
A luta não parou. A sociedade daquela epóca contando com o apoio e solidariedade internacional, pressionaram o governo a anular os julgamentos e a soltarem os líderes condenados perpetuamente, além de culpar o estado americano pelo ocorrido.
.
Em 1889, o Congresso Operário Internacional em Paris, decretava o dia primeiro de maio como o DIA DO TRABALHADOR e, em 1890, os trabalhadores americanos conquistavam a jornada de 8 horas. Fruto, claro, da mobilização e da persistência por melhores condições de vida.
.
No Brasil, por exemplo, a atual relação entre PATRÃO - EMPREGADO não é das melhores que já se vivenciou. Embora amparado por sindicatos, associações, leis trabalhistas, a situação do trabalhador ainda precisa sofrer fortes mudanças. Uma delas seria a de maior conscientização, ou seja, entender que o poder está nas mãos da maioria e não da minoria como se difunde.
.
Se compararmos o atual momento em que vive o país com o ano de 1886, muita coisa mudou. Mas é notório que por mais que não queiramos aceitar estamos voltando em largos passos para uma realidade que outrora já foi vivida. O trabalhador brasileiro tem sido acometido de longas jornadas de trabalho, o que tem gerado péssima qualidade de vida, stress e diversas doenças profissionais. A causa principal deve-se ao fato das drásticas reduções de custos por parte das empresas, a pouca oferta de trabalho, o medo de ser demitido, etc.
.
Faz-se necessário e urgente a retomada do crescimento economico sustentável para que se possa reverter a tendência do quadro atual.
.
O DIA DO TRABALHADOR, atualmente, é comemorado com uma série de eventos ao redor do mundo. O que muitas vezes ofusca o verdadeiro sentido desta data..
Para Reflexão:
.
A riqueza de procedência vã diminuirá, mas quem a ajunta com o próprio TRABALHO a aumentará. (Provérbios 13:11)
.
Em todo TRABALHO há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza. (Provérbios 14:23)
.
Um abraço a todos vocês,
.
Carlos Ramalho
In: 29/04/2004

Nenhum comentário: