sexta-feira, 25 de setembro de 2009

TRANSPORTE COLETIVO PRECÁRIO - LINHA 1109 A e B

Sempre defendi a linha de mobilização social no tocante a busca de uma negociação equilibrada, consciente, pacifica. Diante de inumeros acontecimentos sociais sempre me pautei por reivindicar através da escrita ofertando um ponto de vista comum, agregador cumulmente resultante de anseios coletivos. Dentro deste contexto passo a postar apartir desta data uma serie de artigos, e-mails, cartas enviadas a diversos meios de comunicação e autoridades politicas cujo teor diversifica-se em virtude da gama de assuntos pontuados.
.
A primeira postagem é datada de 26/02/2002 e refere-se a abaixo assinado idealizado por Carlos Ramalho e trabalhado junto aos moradores do bairro no tocante a reclamação de reestruturação das linhas 1109A e 1109B que de ruins passaram a caoticas. Leia a carta na integra.
.
Contagem, 26 de fevereiro de 2002.


À
EXPRESSO TRANSAMAZONAS S/A
AV. ESTRELA D’ALVA, 111, JARDIM RIACHO DAS PEDRAS
CONTAGEM – MG
32241-260
CAPITAL


Prezados Senhores,


Face a Reestruturação das linhas de ônibus 1109 A e 1109 B, venho através desta em nome de todos os usuários e passageiros manifestar a nossa indignação e revolta quanto as mudanças implantadas desde 01/11/2001.

É notório que o Brasil passa por um período de transformações e mudanças, haja visto o sucateamento barato que governo e empresários tem implantado a cada dia e que nós pobres consumidores e usuários vimos obrigados a nos adequar para não ficarmos de fora. É como se prevalecesse o bordão: “É PEGAR OU LARGAR”. Só que neste caso a corda sempre arrebenta para o lado do mais fraco.

As linhas acima citadas, já eram caóticas, e devido à reestruturação ficaram ainda piores. Interminável é o tempo que somos obrigados a ficar, literalmente, plantados no ponto a espera para embarque, sem contar a qualidade de conservação dos ônibus. Sujeira, problemas mecânicos constantes, mal cheiro, entre outros, são ainda pequenos se levarmos em consideração o problema maior que é a falta de respeito com o CIDADÃO USUÁRIO DOS TRANSPORTES COLETIVOS URBANOS.

Com este processo de reestruturação aos nossos olhos parece estar havendo algum problema relacionado à escala de partida dos ônibus, haja visto que a demora nos pontos acima mencionada é suprida por dois ônibus ao mesmo tempo, o que deixa qualquer cidadão irritado, além de transparecer decaso e até mesmo disputa por passageiros.

As empresas brasileiras vivem momentos de incertezas, impondo a seus funcionários intermináveis e exaustivas horas de trabalho, sem se importar com a qualidade de vida e muito menos com o valor humano. E para piorar ainda mais a situação tanto na ida quanto retorno para casa nos deparamos com mais um problema, que é a péssima qualidade do transporte coletivo.

Sugerimos diante do exposto acima, que esta empresa venha estar revendo o procedimento adotado quando da reestruturação, buscando formas de otimizar os problemas e a insatisfação dos usuários, bem como buscar alternativas que venha garantir a integridade e o bom andamento dos serviços de transportes oferecidos a população.

Certo da atenção dispensada a esta, desde já agradecemos,

Moradores e Usuários das Linhas Supra Citadas.
.
ABAIXO ASSINADO

__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________

Nenhum comentário: