segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

FAZ DOS SEUS ANJOS ESPIRITOS, E DE SEUS MINISTROS LABAREDAS DE FOGO - (SL 104:04)

Historicamente, o livro de Salmos é muito admirado pelos cristãos. Não são poucas as pessoas que se apegam as "promessas" de Deus ali reveladas e passam a "viver" por fé através delas. Quantos de nós ao chegarmos em alguma residência já não nos deparamos com quadros, chaveiros, molduras espalhados por toda a casa com dizeres: "O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará"; "Tudo Posso Naquele que me Fortalece"; "Deitar me faz em Verdes Pastos"; "Guia me mansamente em calmas águas", etc, etc, etc...

Se pararmos para pensar é muito interessante mantermos tais objetos em casa uma vez que eles servem para deixar a residência com ar de "mais" fé, além de chamar atenção de pessoas ainda não alcançadas pelo evangelho e até mesmo evangelizá-las.

Dentre os diversos Salmos existentes, o 104 nos relata algo tremendo. Ele revela a glória, a grandeza, a majestade e o poder de Deus em suas diversas formas de manifestações, além de nos convidar a bendizer ao Senhor com toda a nossa alma. Ainda neste Salmo o versículo 4 contêm algo forte e que nos chama muita atenção. Diz assim: "Faz dos seus anjos espíritos, dos seus ministros Labaredas de Fogo".

Logo de início podemos perceber o poder de Deus. FAZ é uma conjugação verbal derivada do verbo FAZER, ou seja, Deus tem o poder de FAZER dos seus ministros, Labaredas de Fogo.

Conforme dicionário universal da língua portuguesa, Labareda significa: Grande chama; Língua de fogo; Vivacidade. Já Fogo significa, por sua vez, em sentido figurado: Paixão; Energia; Exaltação.

Agora cabe uma pergunta: Você sabe o que é ser um MINISTRO LABAREDA DE FOGO?

Um ministro labareda de fogo é aquele que reúne as qualidades descritas acima tanto da labareda quanto do fogo. É aquele leva a luz e onde quer que ele chegue as trevas dissipam. Um ministro labareda de fogo é aquele que nega-se a si mesmo em prol de abençoar outras vidas. É aquele que busca estar antenado e sensível a voz e o agir do Espírito de Deus. É aquele que abre a boca e profere bênçãos e palavras de vitórias. É aquele que se derrama no altar quando as tribulações e adversidades se levantam, além de se colocar como intercessor de causas impossível.

O ministro labareda de fogo não anda por palavras, seu testemunho fala por si só. É aquele que busca viver pelo espírito dia após dia. Labareda e fogo queima, deixa marcas. O ministro Labaredas de Fogo é aquele que queima e deixa marcas por onde que ele passe.

Existem muitas outras qualidades que podem ser atribuídas a um Ministro Labareda de Fogo. O convite de Deus para cada um de nós tem sido o de "Vinde a mim", "Vinde ao primeiro amor", ou seja, Deus tem nos chamado para realizar e conquistar coisas grandes.

Mesmo que você se ache incapaz ou até mesmo que Deus não possa usá-lo lembre-se: Deus é quem FAZ todas as coisas, inclusive a sua vida mudar. Ele é poderoso para isto, basta apenas que você se coloque na brecha e permita que Ele opere algo grande e tremendo em sua vida. Permita que Ele faça de você um MINISTRO LABAREDA DE FOGO.

Forte abraço,

Carlos Ramalho
In: 01/05/2003

2 comentários:

Claudio Peçanha disse...

Meu amado Pastor Deus te usou muito nessa ministração de como ser um Ministro Labareda de Fogo;pois pela misericordia de Deus também prego a palavra apesar de ser apenas um Diacono na casa de Deus.Qaundo recebi o desafio de estar pregando essa palavra me senti um pouco sem foco,e por isso procurei pesquisar melhor,para poder anunciar a melhor palavra aos que estarao ouvindo,pois me preocupo sempre em não deixar duvidas em minhas pregações,e esse seu esboço já me ajudou muito.Que o Senhor continua a te abensoar e te honrar,e ore por mim para que Deus sempre me ajude cada veis mais nessa longa caminhada em direção ao Reino dos Céus!!!

Carlos Ramalho disse...

Prezado Claudio Peçanha,

Obrigado pela visita ao site e pelas palavras ministradas.

Tenho certeza que o vossa pregação foi abençoada e que pessoas foram ministradas pelo Espirito Santo.

Que Deus o abencoe muito também nesta caminhada, pois devemos correr a carreira sem nos esmorecer.

Na paz do Senhor,

Carlos Ramalho