terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

EM TEMPOS DE FACULDADES...

Betim, 15 de abril de 2003.
.
Magnífico. Prof. Dr. Adair Ribeiro
REITOR DA UNIVERSIDADE VALE DO RIO VERDE – UNINCOR
.
Prezado Reitor,
.
Como é de conhecimento de todos e se faz notório, os indíces de violência tem crescido assustadoramente em todas as regiões do Brasil. A cada dia precisamos estar atentos nos adequando e buscando novas formas de proteção. Entretanto nossa maior proteção está e vem de Deus.
.
Em tempos de globalização e guerras o mundo tem sofrido transformações que afetam diretamente a vida dos seres humanos. Mudam-se conceitos. Perdem-se valores. Neste contexto deixamos de viver os preceitos éticos e morais de uma sociedade justa, além de fugir ao respeito para com o próximo.
.
Em decorrência de tantos fatores adversos, acentua-se a violência, fruto da desigualdade, da falta de amor, da falta de Deus, onde o ser humano passa a ser visto e tratado como mero objeto descartável.
.
Dentro desta questão pela busca da prevenção / proteção, tornou-se necessário solicitar a está instituição, em nome de todos os universitários, uma imediata atuação junto a Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG para desenvolvimento e disponibilização de um projeto específico de iluminação para os arredores que dão acesso ao Colégio Batista.
.
Atualmente após 18:30 Hs, torna-se inviável transitar (motorizado ou não) pelos arredores do Colégio em virtude da escuridão predominante. A insegurança e o perigo são iminentes. Ressalto aqui também que a situação do Colégio EDUCARE não foge a realidade aqui abordada. Em visita recente à secretária do EDUCARE pude perceber como a questão iluminação também está falha e como os alunos daquela unidade também estão expostos a situações de perigo.

Para se ter uma idéia, lembro-me que em meados do segundo mandato do então Presidente Fernando Henrique Cardoso, em resposta aos anseios e cobranças da população brasileira, foi lançado um Plano Nacional de Segurança, o qual previa gastos em torno de setenta por cento com iluminação pública, devido à grande deficiência que existia naquela época e que prevalece nos dias atuais.
.
Quando falamos em Universidade, automaticamente vem à mente a questão de sonhos, de pessoas que estão trilhando um caminho de expectativas e novas realizações. Falamos também de um segmento em potencial, visado, e que merece tratamento cada vez mais adequado e apropriado, uma vez que a UNIVERSIDADE não existe sem os UNIVERSITÁRIOS.
.
Estamos certos que está instituição estará atuando para solução do problema aqui abordado, bem como buscará melhorias contínuas que venham de encontro aos anseios da instituição, ou seja, universidade e universitários.
.
Atenciosamente,
.
Carlos Ramalho
Curso Administração Ênfase Gestão de Negócios – 1º período

Nenhum comentário: