domingo, 14 de março de 2010

Em Foco: GUERRA DECLARADA: ROYALTIES DO PRÉ-SAL

Belo Horizonte - MG - 14/03/2010



Não é de hoje que diversos segmentos da sociedade vêm discutindo acerca da urgente necessidade de se buscar diminuir a histórica desigualdade social existentes entre os diversos estados brasileiros.

.

O Brasil por possuir tamanha extensão territorial acaba por se revelar um país apaixonante, complexo, distinto, porém muitas vezes desarticulado e até mesmo desumano, onde cada estado da federação busca se afirmar e se desenvolver economicamente diante de sua conjuntura socio-ambiental.

.

E assim a trajetória de um Brasil contraditório vai sendo contada. De um lado um país que busca se auto-afirmar estrategicamente como uma nação em desenvolvimento rumo ao primeiro mundo e de outro as latentes desigualdades sociais existentes do Oiapoque ao Chui.

.

Dentro do contexto acima e no que se refere à intransigente defesa de algumas figuras políticas no que tange a diminuição das desigualdades causou muita decepção perceber que quando se tem a oportunidade de se fazer algo em favor da grande massa carente da população a pratica é diferente da teoria.

.

O pré-sal foi um achado e como tal pertence à união, pois o petróleo a ser extraído encontra-se em águas profundas na costa brasileira. Desta forma os deputados e deputadas federais do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, imbuídos na legitima defesa dos interesses de seus estados tentaram derrubar a chamada medida Ibsen que uma vez aprovada garantiria divisão dos royalties do pré-sal entre todos os estados brasileiros.

.

Polêmicas a parte, faz-se necessário deixar registrado que a diminuição das desigualdades sociais deveria estar acima dos interesses de “a”, “b” ou "c" ainda que legitimamente o fosse. A divisão dos royalties do pré-sal entre os estados da federação vem de encontro a garantir desenvolvimento sustentável, inclusão social, saúde, educação, renda e trabalho.

..

O momento político é de extrema relevância no que se refere ao marco regulatório do achado do pré-sal e desta forma não seria nada viável deixar esta oportunidade se exaurir. Particularmente espero que o Senado Federal mantenha a proposta aprovada pela Câmara dos Deputados e que o Judiciário não legisle contrariamente a posição do que já fora estabelecido pela camâra. Quanto ao presidente Lula pela inegável luta histórica pela erradicação da miséria e das desigualdades sociais quero crer na irrestrita sanção da matéria.

..

Um país é construído com grandes conquistas, já um país melhor se faz com união e uniformidade.

.

Forte abraço

.

Carlos Ramalho

.

Leia outros artigos de Carlos Ramalho acessando o site: www.carlos-ramalho.blogspot.com

6 comentários:

Ariane disse...

Oi Carlnhos

Gde Abraço

Luciano Nosseis disse...

Tudo bom ??? e a familia ????

Carlim...também acredito na justiça federativa quanto à distribuição do dim...dim...

Entretanto, como vivemos no Brasil, acho difícil esse projeto passar.....

Dessa forma, cabe a nós mineiros, reclamar os Royalties do minério....igualando dessa forma a questão !!!!

Pense nisso...

Cristiano Vilas Boas disse...

Fala Carlinhos... Bom???

Aqui, você já tem Twitter? Ele é uma ótima ferramenta pra divulgar seu artigos.


Abs.

Clenilson Teodoro disse...

muito bom o seu pensamento vc tem meu apoio

Erivaldo Lopes disse...

Carlinhos, que bom saber q vc apoia o projeto de lei aprovado pelo Senado.
Se queremos fazer desta nação uma sociedade livre, justa e solidária, temos q mudar as nossas atitudes e procurar consertar os erros do passado...
A República Federativa do Brasil é composta da União, 27 estados membros, DF e Municípios... e não apenas de 6 ou 7 estados com interesses políticos regionais...
Temos q pensar no Brasil como o todo... digo isto pq na minha opinião o Sul tem um dívida histórica e social muito grande com os estados do Nordeste e do Norte...
O crescimento deve ser para todos de forma igualitária...

Vc sabe q eu fui um cara q sempre lhe incentivei para q vc entrasse para a política... E volto a dizer q estou aqui distante torçendo para vc...
Confie em vc... Eu tenho certeza q vc vai conseguir...
E quando vc chegar sempre lute a favor dos mais necessitados...

Boa Sorte Carlinhos em sua caminhada...

E quando eu for em Brasília eu espero q Vossa Excelência possa me receber no seu gabinete...

Abraços Carlinhos... Sucesso !!!

Rynaldo Ramos disse...

Carlos,

bom artigo. Gostei de suas palavras. Tem muita gente fazendo demagogia em cima do assunto, inclusive o presidente Lula.

Abraço,
Rynaldo.