quarta-feira, 28 de maio de 2014

Brasil, terra dos "100"

Por Carlos Ramalho

Estamos a poucos dias da Copa do Mundo, aliás, da Copa das Copas como prefere dizer o governo brasileiro.

É interessante que caminhando pelas ruas, nas conversas informais não percebo nenhuma empolgação das pessoas. Quando se fala em Copa, surge aquela nítida expressão interrogativa como a dizer, COPA? A tá! E dai?

A postura contrária da população brasileira não é de toda questionável. Afinal, há décadas que este país padece de cuidados e, lembremos agora, a fortuna que o governo investiu para realização do mundial no país sem que ao menos a evidência do tão propalado  "legado" fosse de todo ou em parte percebido como melhoria estrutural permanente.

Assim a indagação que surge é aquela de que adianta gastar bilhões de reais quando não se terá retorno concretos para a vida cotidiana das pessoas. Ouvi estarrecido na manha do dia 23/05/2014 que o governo iria colocar as forças armadas na rua para garantir a realização da Copa.

Ora, deveria o governo da Sra. Dilma, atual presidenta do Brasil, ter vergonha na cara e garantir a segurança da população não em período de Copa mas no dia a dia, haja vista, os altos índices de criminalidade que assola o país dizimando famílias de toda sorte e cor.

Dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde (MS), apresentados ontem (27), mostram que a taxa de homicídios é crescente no Brasil. Em 2012, o país registrou 56.337 homicídios, a maior taxa anual no período analisado, de 2002 a 2012, para traçar o Mapa da Violência 2014, da população Jovem do Brasil.

Precisa falar mais alguma coisa?
   
É por isso que digo, infelizmente, que o Brasil é o país da terra dos "100".

"100" Saúde
"100" Educação
"100" Infra-estrutura
"100" Emprego

E tantas outras "100" coisas que poderiam fazer a vida, como cantava o eterno poeta Gonzaguinha, "ser bonita, ser bonita e ser bonita".

Abraços,

Carlos Ramalho

Um comentário:

CARLOS CHAGAS disse...

Sem falar dos 100 caráter que estão a governar esta nação... Dilma, coloca a polícia de frente a quem merece, a saber, dos políticos corruptos e omissos desta nação.

Valeu Biguda!